Garota má

            Sou uma garota má. Tenho super poderes. Sou uma vilã. É melhor acreditar logo, antes que eu tire meus óculos escuros e lhe mostre meu lindo olhar, até você ficar parecido com a estátua lá de casa. Acredite, pois eu não entro em um jogo para perder e por mais que eu saia com alguns arranhões, eu sempre ganho, pelo menos a partir de agora, ouviram? Eu sempre ganho.

            Não se aproxime. Mantenha distância. Só observe. Eu não preciso de mais uma criptonita ou de um curinga para me perturbar, muito menos de bobões que se achem espertos e pensem que eu preciso de companheiro de batalha. Eu trabalho sozinha – única e exclusivamente -, feliz e realizada, então não venha me rotular, meu respeito é pra quem tem. Não ache que vim de algum conto de fadas, daqueles que a vilã sempre morre ou desaparece no final, eu não desapareço, por isso não fui para a Disney ainda. Eu sou real – muito real, por sinal -.

            Se você esta interessado em uma competição é só ligar. Te vencer será meu maior troféu e te derrotar será um prazer. Não é que eu me ache a maior das vilãs, é que infelizmente eu tive que me transformar nela como forma de tentar amenizar minhas quedas constantes. Então, me desculpe se a minha nova eu, não te agrada, mas foi por maioria de votos que eu me tornei assim.

            Cansada de sofrer e de possuir um “L” bem grande na testa, decidi parar de bancar a boa, a personagem principal e a mocinha da história. Percebi que as vilãs são as que dão mais realidade e a deixam com mais suspense. São as vilãs que dão os melhores beijos, tem as melhores risadas e são elas que são respeitadas e é tudo que preciso na atual conjuntura.

 

Mal posso esperar para ser má. Aguarde-me.

 

            O que estou falando?! Não sou má e por mais que fosse e queira ser, é impossível. A Mariana que vive em mim nunca será uma vilã e tão pouco alguém que fará mal a algum ser humano. Pelo contrário, por mais que pisem e tornem a pisar continuarei a servir de tapete. Um dia alguém reconhecerá e talvez – quem sabe – demonstrar seus sentimentos sinceros e ser totalmente e indiscutivelmente “meu”, em todos os momentos. E falando em amizade, um dia irá existir aquele amigo de verdade – desculpe os que são verdadeiros – é que quando escrevemos acabamos por ser redundantes até demais. Amizade, doce amizade, seria tão bom confiar.

 

Vilã? Pfffffff. Quem dera conseguisse, seria bem melhor.

Anúncios

2 comentários sobre “Garota má

  1. Ana Carolina disse:

    Amiiiga que texto mais foda! só assim mesmo .. vc é minha maninha má rs
    falando sério cada vez q leio seus textos mais tenho certeza q vc vai ser a proxima martha medeiros rs não considere como algo ruim.. mais invejo seu dom.. (isso é um elogio heim!) te amo minha maninha

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s