Em cima das nuvens

            Por favor, diga o que sente, por mais que diga que não me ama mais, fale alguma coisa. Não me importa quais palavras sairão de dentro de você, mas que saiam do coração, que sejam verdadeiras, que sejam puras, que sejam dignas de você. Não ligo que estas palavras que clamo querer ouvir de dentro de você tão fielmente, digam que não sou a pessoa certa, que não te completo e que não me amarás jamais. Só preciso ouvir algo, voltar para a terra ou continuar a trafegar no céu. Preciso saber… Preciso entender… Estou cansada de habitar um mundo que nem sei se realmente é meu. Valorizo-me demais. Acredito muito em mim. Tenho fé que se meu hoje for ruim, terei um amanhã muito melhor para experimentar. Sou daquelas que dorme e esquece o que de mal aconteceu ontem. Eu sou boa, você é que não vê. Pena.

            Poupo minhas palavras ao me dirigir a quem não as merece. Falo o necessário, por isso peço que me diga o que esta pensando. Vamos lá não é tão difícil assim, diga que não me ama, eu ficarei bem, não é isto que estou lhe pedindo?

             Do fundo de meu coração, me tire deste lugar, não quero mais voar. Por mais que daqui possa ver tudo com mais clareza, tudo o que joguei fora e tudo o que ainda receberei; por mais que saiba o que me espera ai em baixo, me tire daqui. Sou fruto da sua imaginação, quero ser real, mas me diga o que sente. Diga-me o que sente.

            Espero. Você começa a me olhar de outro jeito. Parece que dirá alguma coisa. O que será? Estou pronta, pode me dizer. Esperei muito tempo por este momento. Puxe-me logo daqui, só você me faz viajar como ninguém faz. Ande, acabe com este martírio, sei que não gosta de mim da mesma forma que sempre gostei de você. Não estou fazendo cena, muito menos tentando lhe deixar com dó. Estou pensando em mim, estou pensando nas milhares de coisas que sentirei falta não estando mais perto de você. Do que irei perder, do que irei ganhar. Vamos acabe logo com isto, para irmos cada uma para sua casa tomar chá. Ande, ponha um ponto final nesta história, aqui e agora.

            E este texto fica complemente sem sentido, quando escuto você dizer que ama. Nunca pensei que pudesse haver outro lado neste trágico momento. Você me ama? E o que me fez pensar que não? Você me contempla sorridente, sabe que me ama, da mesmíssima forma que eu lhe devoto paixão. Então venha, deixe-me puxá-lo, vamos flutuar juntos, somente eu e você. Me de a mão, me de sua alma, seja somente você, como sempre foi, deste o começo deste texto.

            Mas paro e em meus pensamentos não o deixo perceber que me envolvo em outro caso. Meu texto será de muito proveito ainda, mas fico calma – respiro – eu sei que o usarei outra vez! Não me importa quando será? Onde estávamos? Pois é, Em cima das nuvens.

Anúncios

2 comentários sobre “Em cima das nuvens

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s