Quando mentiras se tornam verdades

            Não!

            Eu não preciso de todas as riquezas do mundo. Eu não preciso de jóias a todo o momento. Eu não preciso de um carro importado, muito menos de roupas de marca. Eu não preciso viajar para Paris em nossa lua de mel. Eu não quero sair todo o fim de semana. Eu não preciso comer no restaurante mais famoso da cidade quando formos passar o natal fora. Eu não preciso ter a melhor cama, não quero suíte. Não preciso da melhor prataria para por no nosso primeiro almoço em família. Eu não preciso do melhor traje de gala para ir à formatura dos nossos filhos. Eu não preciso das melhores refeições, nem dos melhores hotéis.

            Não preciso de mundos e fundos. Não preciso que carregue minhas compras ou que se obrigue a me dar o seu cartão de crédito. Não quero ser a fofoca entre seus amigos, nem o motivo de seus cabelos brancos. Não necessito de sua atenção a todo o momento, nem do seu motorista particular para ir à esquina. Não preciso lhe pedir permissão, nem você a mim.

            Eu só desejo que segure minha mão ao descermos do ônibus, que olhe para mim e me chame de linda quando despertar, que me envolva em seus braços e deixe-me sentir que tenho em quem me amparar; que mexa em minha trança e fale o quanto sou louca e que mais louco somente é você, por me amar tanto. Só preciso que fale ao meu ouvido que me ama; que veleje comigo no impossível de nossos sonhos; que esteja ao meu lado nas mais simples ações da vida; que me dê a mão e juntos andemos no parque. Só quero dar um pulo em Veneza, a cidade do amor, e trafegar de mãos dadas com você. Quero ser sua mulher em todos os lugares e que tenha orgulho de ser chamado meu amor.

            Mesmo com todas essas vontades de desejos eu não lhe prometo que seremos felizes em todos os momentos de nossas vidas, nem que conversaremos sobre tudo quando estiver cansada, ou que me lembrarei depois de 10 anos o dia do nosso primeiro beijo. Posso não prometer que estarei sempre livre quando pedires minha ajuda, ou que te defenderei de todas as pessoas más. Mas posso prometer que te amarei, com todas as minhas forças.

            Sei que esquecerei detalhes do nosso passado e instigarei onde você passou a noite. Tenho certeza que brigaremos sobre motivos fúteis e discutiremos sobre a cor da parede da sala de estar. Vamos nos odiar e nos amar no mesmo dia, será nesta ordem ou contrária a ela, só o tempo irá dizer. Com certeza tudo o que for prometido perante nós dois, será cumprido é só nunca nos esquecermos que:

            – Sempre haverão barreiras. Nunca nada será perfeito. Vamos querer desistir, nos arrepender, nos conformar e nos odiar. Existirão milhares de álbuns retratando nossa felicidade, paixão e entrega e não haverá nenhum para contar nossas brigas e desentendimentos, que superam e muito nosso lado “felicidade”. Estes retratos não existirão porque todos esses momentos ruins são o que ligam um álbum ao outro, são pontos, caminhos, cruzadas, são eles que fazem cada álbum do nosso amor valer à pena, que fazem cada reencontro prazeroso e fazem com que nossa paixão dure. Sempre vai ser difícil, nada é fácil, mas o que custar tentar? Se pararmos sempre no primeiro obstáculo a vida perderia a graça e não teríamos motivos para nos encontrar na próxima estação.

            Nossa vida será um trem, podemos parar a qualquer estação, é só esperar que o trem pare, mas esta parada não depende só de nós, depende do maquinista, este será quem nós desejarmos que seja. Então, esperaremos sua ordem, ele abrirá a porta sempre em uma nova estação, caberá a nós descer ou não. Vamos nos dar uma chance, ou se já tivermos dado, daremos outra e outra e outra. Não é possível muito menos crédulo que um amor acabe com simples palavras. Então, eu não quero ser mera protagonista desta história, não quero apenas estar dentro deste trem. Eu quero dirigi-lo, conduzi-lo até um lugar onde tenha paz, onde sejamos somente eu e você.

            Quero que este trem não pare mais, quero que siga adiante. Atropele toda e qualquer estação, que passe demoradamente sobre os estágios de felicidade e corra na velocidade da luz em cada tristeza que lhe afete. Não me importo em perder dois ou três minutos, desde que o resto do percurso esteja ao seu lado, tirando fotos e trocando carinhos.

            Porque eu te amo e acima de tudo eu quero que saiba que quando mentiras se tornam verdade nosso mundo fica bem melhor, porque juntos somos mais e logo estaremos a pensar um no outro. Não se esquecerá de mim, pois sempre estarei ao seu lado. Eu não desistirei. Nós não desistiremos, porque seremos felizes. Relaxe, sente-se no banco, será uma longa viagem quando as mentiras se tornam verdades.

Anúncios

4 comentários sobre “Quando mentiras se tornam verdades

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s