Guarde o amor para amanhã

Se quiser falar de amor não me siga hoje; ao menos hoje não falemos de amor. Vamos – quem sabe – falar dos problemas da Terra, dos tsunames, devastações, sustentabilidade, a queda do euro. Não sei um assunto fixo, mas vamos inventar algo para falar. Quem sabe debater o assunto da moda: em como a copa está debilitada de craques; em como o Brasil não será campeão, mas enquanto estamos na copa os pobres ainda não se preocupam de o preço do arroz subiu mais de 30%, ou o tomate está R$2,50 o kilo. Vamos esquecer o amor e nos preocupar com os problemas que vão consumindo a Terra. Neste momento o amor é desnecessario, já que preciso usar muito mais a razão do que a emoção para usufruir de meu bens. Guarde o amor em uma gaveta para quando realmente precisarmos. Vamos então, guarde o amor e somente pense em usa-lo quando ele já não for mais preciso. Então, por fim, esqueça-o. Amor? Pra que?

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s