À sua espera

Não

Não sei o que está acontecendo

Já não controlo meu olhar

Não reajo a movimentos que antes me pareciam tão fáceis de comprimir

Já não resisto aos seus telefonemas

E me incomodo quando não consigo te encontrar entre estes espaços

Que fazem questão de aparecer em todas as mensagens não recebidas

 

Seu sorriso

Seu olhar

Seu modo de me tratar

A cada palavra que me fala, é um suspiro que dou

E cada suspiro meu é um sorriso que aparece em sua face

 

E assim estamos

Andando e sobrevivendo a cada dia

Como se fosse o ultimo

Como se fosse o próximo

Como se fosse o fim

 

Não acredito que seja errado

Andar pelos cantos

Comer pelas beiradas

Ficar observando os passos das pessoas que tem mais experiência que nós

Tentar imitar

Tentar aprender

Ou fazer do nosso jeito

 

Creio que seja até bonito

Uma chance de recriar um amor

Ou inventá-lo

Melhor para os dois

Para nós dois

 

Não pense que eu irei omitir-me quando perguntada de meus sentimentos

Serei firme ao dizer

Que hoje, só hoje

Meu sorriso está contigo

Serei firme ao falar

Que amanha e depois

Espero caminhar com você

Serei firme ao pensar

Que um dia – quem sabe – é meu coração que com você vai estar

 

Enquanto isso, meu querido acompanhante

Conceda minha mão neste passeio

Por entre

Pra sempre

Contente

Pelo nosso futuro

Nosso amanhã

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s