Soma-produto, Px-Py, Monopoly e Beijo na boca

Nunca fizera isto antes. Uma vida agitada muitos dizem ser ótimo, mas é porque não vivem a vida daqueles quatro. Daqueles quatro adolescentes que chegaram em um colégio um tão pouco agitado. Mas que antes de entrarem foram avisados de que isto iria acontecer. De que aquela seria a nova vida deles. Algo diferente para alguns, para outros simplesmente um complemento, a mesma coisa só que mais intensa. De uma maneira ou de outra era diferente… Era melhor… Era muito mais engraçado.
De uma forma ou de outra era assim todos os dias. Chegavam 12h, assistiam qualquer jogo que estivesse tendo na quadra de futebol, gritavam para os meninos bonitinhos e todos os dias tinha alguem bonitinho pra gritar.
Um hora, sobem as escadas, gritos da parte de um deles e riso do resto de todos os outros três. Mãos dadas, abraços, xingamentos constantes – mas eram carinhosos -, conselhos e sala. Pois é, estudar. Algo que não dera muito certo no semestre passado para eles, mas que estava melhorando aos poucos.
Três horas: Intervalo. Eles descem. Juntos, é claro. Hora do lanche. Hora da pipoca, da fofoca, Hora das Cartas. Sentam-se em uma roda muito bem destribuida. Cinco cartas para cada um. Um deles começa. Pá! Golpe baixo. Negociação Ligeira! Não rouba essa carta não! Ganhei! Não! Jogam as cartas na mesa. Eu sempre ganho! Mais uma carta eu ganhava. É sempre assim.
Meia hora se passa. Voltam para o Px e Py. Vamos fazer um gráfico? Vamos distribuir forças. Atrito… Sono… Mais um número… Ajeito o cabelo… Vamos trocar folhinhas? Não! Vamos estudar. Mas o professor nem da um sorriso. Não esquenta. Preciso de 7 pra passar de Física. Cala a boca!
Final do dia. Mais uma partida? Não, tenho que ir pra casa. Me da um beijo. Não vou subir a passarela. Calma. Podem ir, ele vai me levar no ponto. Ebgraçadinha! Não… Não… Sorriso. Beijo e beijo. Eu te amo (xingamento).
E assim eles vivem. Cada dia. Da mesma forma e de maneiras diferentes. Eles são assim. São daquele jeito. Assim e pronto. Não discutam. Acaba o dia. E não acaba a história. Não acaba e ponto. São assim. Escola. Casa. Computador. Mensagem. Eu te amo (xingamento).

Anúncios

6 comentários sobre “Soma-produto, Px-Py, Monopoly e Beijo na boca

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s