Trocadilhos

Assim que o Sol nasce lá está ele pronto para clarear meu dia. De uma maneira inexplicável e absurda ela também acorda, não sei se radiante, mas claro, brilhante. Ela une todas as coisas que é preciso ter em uma amiga. Vira-se como ninguém. Acorda tarde, mas acorda. E lá está ela a clarear o dia de todos a sua volta. De vez em quando eu esbarro nesta luz que irradia de seus olhos e tenho que admitir é uma luz que despreza óculos escuros. E assim, com esse meu ar de boa menina, de analisar as coisas antes de falar, que virei amiga da luz. Pois é, essa coisa radiante que insiste em ficar brilhando para mim, para nós. Sei que não sou nada brilhante nem de se chamar atenção, então não sei o que este brilho viu em mim para que fizesse assim desta porção de coisas e sentimentos, uma companhia, sendo considerada por ela, a melhor. Só sei que estas coisas não me importam desde que esta claridade não deixe de brilhar, de iluminar, de brilhar. Eu só peço isso. Nunca deixe de brilhar. Continue, porque seu brilho não é uma coisa fácil de apagar e se depender de mim nunca se apagará. Então, meu raio de Sol, clareie meu dia com sua amizade. Clareie minha vida com seu amor. Clara. Minha Clara. Sempre Clara. Clareando. Assim.

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s