Somente não se vá

Aqui estou eu mais uma vez para dizer-lhe que não desistirei de você. Neste momento, parece-me tão absurdo essa idéia como o fato de acordar e não incomodar-me com os raios de sol que teimam em atrapalhar-me o sono. Não vou mentir a você, quando digo que pensei, mais de uma vez, na semana de que desistiria de te ter. Sim, desistiria. Com medo, mas sem condições de pensar em outra possibilidade de deixar de pensar em você todos os horários do meu dia. Desde aquele dia, quando não ligou, fiquei com o receio de que já não mais me queria. Que me abandonaste. Que percebeste que nosso caso, eu e você, seria impossível de se concretizar. Pensei e me arrependi imediatamente de ter pensado. Mas não temo, nem por um instante sequer. Se por algum momento pensaste em sua vida sem mim, também o pensei. Pensei nas manhãs solitárias, sem beijos. Pensei em te olhar sem querer te abraçar. Mas não pensei na minha vida sem você. Creio que seria impossível. Já não tenho mais motivos para escrever se eles não se basearem em nossa história. Nos nossos desencontros e reencontros. Nesse momento temi em te perder. Temi porque se não puder escrever-lhe mais, não sei como vou poder fazer você entender, sem me atrapalhar com as desculpas, de tudo o que eu sinto. Então pedirei que não mude mais. Fique deste jeito, do seu jeito. Seja como for, da maneira que for, estaremos unidos por um bom tempo. Ontem eu perguntei-lhe se me amavas ainda, da mesma forma que em nosso primeiro encontro. Disse que gostava de mim. Intervim e imediatamente disse que então não me amavas. Renegou, como todas as vezes. Disse que o amor só ocorre quando gostamos infinitamente da pessoa e nesse momento começou a recitar todas as formas de gostar que sente por mim. Recitou-as feito poemas e fez calar-me. Sempre em nossas conversar faz calar-me. E nunca me arrependo desses momentos. Porque são neles que vejo que ainda tens um coração e ele pode amar muito uma pessoa e você diz que sou eu. No momento, neste agora, tudo faz sentindo. Daqui a cinco minutos não sei mais. Mas agradeço cada momento em que me faz crer que sem você nada faria sentido. Eu te amo.

Anúncios

2 comentários sobre “Somente não se vá

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s