Enquanto houver fôlego

Dói? Dói quanto?

Esqueça do mundo somente uma vez. Esqueça que existe vida. Se isole. Assim neste novo mundo que você criar não vai existir ninguém, será tudo branco e você poderá criar tudo o que quiser. Mude. Melhore. Nada melhor do que esquecer o que passou e tentar começar do zero. Não importa se ele te fez mal ou se fez extremamente bem. Passou, é passado. O tempo não nos trás tudo o que queremos, as vezes, é o contrário. Ele nos leva tudo o que achamos que é necessário nesta vida. Mas só achamos isto. Às vezes não é. Tem momentos em que ela não era uma amiga tão sincera assim e às vezes ele não é o garoto certo, por mais que ache. Às vezes aquela bolsa não era tão necessária e dias depois você iria achar um sapato igual aquele… E mais barato. Então esqueça o mundo somente uma vez. Se isole e seja o que você quer ser, ou se o que quer ser não for bom, seja pelo menos o certo. Dance uma dança nova. Cante uma música boa. Se vista da forma mais adequada possível. Seja uma hipérbole exagerada. Um eufemismo suave. Seja um pleonasmo ambulante, mas seja alguma coisa. Ou simplesmente aceite ficar parada em algum lugar e sem fazer nada, pensando na vida e nas escolhas que você faz.

Porque no fim, você pode entender tudo… Ou sair daqui sem entender nada. Mas seja: Tudo ou qualquer coisa. Mas seja agora.

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s