Hey, mundo

Vem aqui rapidinho. Vamos conversar. Que história é essa de acabar? Não vamos entrar em detalhes. Não quero saber se você está cansado de existir. Você não pode desistir de bilhões de pessoas… Tenho muitas coisas para fazer ainda. Lugares para ir, pessoas para conhecer e até mesmo quem não tem muito que viver não merece que você desista assim. Eu ainda tenho que passar na faculdade, casar, ter filhos, plantar uma árvore e escrever um livro. Não mundo, não vá andando assim como se você não tivesse nada haver com isso. Pare de rodar a preste atenção em mim porque a culpa é toda sua. Se você pudesse acabar assim do nada as pessoas não planejariam suas vidas como planejam ver um filme e como os vêem, todo planejado. As pessoas não viveriam por partes. Não fariam pela metade na espera de no futuro ser mais promissor. Não existiria nem a palavra “futuro”. Se você acabar, pense: acaba tudo. Mas não vou ficar falando dos outros, pense em mim. Eu tenho que ser feliz. Tenho que viver como sempre quis. Tenho sonhos que quero cumprir, escolhas que quero tomar. Tenho ideais. Tenho vontades. Por isso você não pode acabar assim do nada. Vamos, venha. Fique mais uma eternidade. Viva mais um pouco. Continue assim. Dependemos de você. Eu dependo.

Não seria justo comigo. Você não pode desistir só porque ficou difícil.

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s