Você doaria seu coração para mim?

Desculpe o inconveniente, mas é que me lançaram essa pergunta e não sei se tenho uma resposta filosófica o bastante para responder. Você doaria seu coração para mim? Quer dizer: Você doaria sua vida para mim? Muito intenso. Você abdicaria sua vida pela minha? É por aí mesmo… Sinto como se já o tivesse emocionado, mas ainda não. Vim aqui questionar e não abrir um debate em meio a choros e gritos. Eu não daria meu coração para ninguém. Digo coração no seu sentido real mesmo, não no sentido fictício da palavra. Digo no ato de desistir da própria vida para que outro alguém tivesse um “amanhã”. Este alguém que é feio da mesma coisa que você, tem a mesma quantidade de olhos, orelhas, braços, pernas e barriga. Um alguém que você nem sabe se faria o mesmo por você. Eu definitivamente não doaria meu coração para alguém. Não perderia minha vida. Se isso é ser egoísta, desculpe-me então sou a mais estúpida das egoístas, só que não perderia o meu “amanhã”. Aquele que lutei tanto para ter, aquele que um dia me deram na esperança de ser algo, por mais que meu propósito tenha sido doar meu coração, não o doaria. Sim, o fato de saber que foi a atitude mais bonita que alguém poderia ter feito – ser lembrada eternamente por tal proeza, quem sabe estatuas?! – me emociona e me faz ter frio na barriga, mas não, nada disso me enche os olhos. Perder uma vida e receber outra é uma dádiva muito bela, bem planejada, mas que somente pessoas muito teimosas conseguem realizar. Até porque, doar um coração, um coração cheio de amor, de vida, de esperanças, de conquistas, de vontades, de zelo, é uma atitude heróica. Salvar uma vida, mesmo que isso signifique perder a sua é intenso. Isso foi o que Jesus Cristo fez por nós: deu sua vida para nos salvar. Para remir nossos pecados e mesmo assim não o somos eternamente gratos por tamanho amor. Que dirá dar nossa vida por alguém que teve seus motivos, ou que também não pretende mudar nem um pouco. Perder sua vida em prol de outra pessoa é sinal de muito amor. Até porque tem que amar muito uma pessoa para abrir mão daquilo que bombeia sua vida, para bombear a vida de outro alguém. Mas novamente torno a falar, deve ser lindo, mágico, saber que alguém se doou para me salvar, mas ao mesmo tempo, deve-se a um heroísmo muito grande e eu não tenho tamanho amor ou tamanha coragem dentro de mim. Contudo, antes de me julgar, permita-me perguntar: Você doaria seu coração para mim? Perderia seu “amanhã”?

[…]

Pois é, já esperava.

Anúncios

2 comentários sobre “Você doaria seu coração para mim?

  1. joaquina gomes disse:

    Sim!… Embora ele já esteja um pouco gasto pelo tempo, se fosse preciso uni-lo a tua juventude e inteligência. Se ele pudesse perpetuar em ti o que eu tenho de melhor em mim.. Um grande amor não se mede por palavras, ele habita onde você menos espera…

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s