Tudo bem

 

Ele é só meu amigo. Uma pena porque por mim… (risos) Por mim a gente se encontraria todos os dias. Eu ficaria irritando ele com os apelidos que invento a cada instante que passo com ele. Ah, mas se dependesse de mim eu arriscaria sim, sei lá. Por que a vontade que eu tenho é de fazer cócegas na sua barriga, pular na sua corcunda e o fazer sorrir. Poder contar com ele para tudo e contar piadas sem graça até não aguentar mais. Ué, ele um amigo e amigos podem fazer isso né gente? A gente tem tudo em comum sabe? Todas as coisas psicológicas, físicas, temperamentais, ideológicas e futuristas que podem existir. Mas sinceramente, acho que sou a única que enxerga isso. Minha amiga diz que eu deveria arriscar, mas eu me omito. Sério, quem um dia iria pensar que “omissão” estaria dentro do meu dicionário. Eu sempre dei a cara à tapa e não tinha medo de nada não. Mas ultimamente eu tô com um medo de falar as coisas… Ia atrás dos meus sonhos e passava por cima de quem fosse. Mas… Aposto que essa menina é bonita. Vocês não a conhecem? Então deixa falar aqui. Aposto que essa menina é bonita. É, a garota que ele fala. Ela tem tudo que eu tenho que viver sem. Não digo do amor dele não. Isso não me importa tanto (olha eu mentindo, ai ai). Digo dele em si, de todas as coisas psicológicas, físicas, temperamentais, ideológicas e futuristas que possam existir (risos). Daí ele vem e diz que está apaixonado que finalmente acertou que dessa vez é pra sempre. E tomara que seja se for esse o seu verdadeiro desejo. Felicidade é bom sempre e quem gosta quer só o bem. Mas daí ele me fala que se eu sentir saudade é só passar a pensar nele a noite e eu fico me perguntando se ele sabe que isso é verdade. Ele não ajuda em nada assim. Vamos lá, então: é melhor ela abraçá-lo bem apertado, dar a ele todo o amor do mundo. Olhar naqueles olhos lindos e saber o quanto ela é sortuda. Por que eu não sei o que é isso…

 

Mas deixe queridos, como diz Caio Fernando Abreu: não importa o quão louca seja a nossa vontade o que é para ser nosso vai ser, de alguma forma. E se não for também, a gente continua do jeito que tá. Porque ele sempre será meu amigo. Uma pena porque por mim… (risos).

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s