Mulher é um bicho chato

Mulher é um bicho chato, viu?

Não estou falando só das outras mulheres não: estou me enquadrando nesse ramo e adicionando minhas amigas também. A diferença é que pelo menos eu gosto de futebol e não fico falando infinitamente sobre maquiagem. Mulher é chata por isso: só sabe fofocar das outras meninas, falar do garoto que traiu ela (o mesmo que é dono do beijo maravilhoso que ela também disse), sobre rímel, blush, pó de arroz e chapinha. Você pergunta o time dela, ela diz que é flamengo. Daí você questiona o nome do técnico: “ah, Zagalo?!” “Claro que é o Zagalo, porque não seria não é mesmo?”

Outro ponto que torna a mulher um bicho chato: falar mal de outras garotas, aquelas com quem nunca, nunca, nunca falaram antes na vida. “Um dia, eu estava irritada e andando pelo corredor da escola com meus dois amigos de classe fiz uma cara de ‘nojo’ quando avistei ao longe uma garota que eu não ‘vou muito com a cara’. Eles dois logo repararam na minha expressão e perguntaram se eu estava passando mal. Disse que estava prestes a vomitar se olhasse por mais um segundo pra cara daquela menina. Eles por sua vez não entenderam e perguntaram o que ela havia feito pra mim. Respondi que nada, eu só não gostava muito da cara que ela tinha.” Preciso argumentar com isso? Alguém consegue argumentar com isso? Não dá. E vai tentar me contrariar dizendo que eu tô errada em não gostar da cara da menina? Vai arrumar problemas. Não dá pra entender como a mulher tem esse dom de ver a áurea de outra qualquer que seja só vendo as suas expressões. Mas se o jogo mudar e você ficar sabendo que tem alguém que te acha “metida”, “falsa”, “nojenta”, “ignorante”, mas nunca, nunca, nunca parou para falar com você, o que acontece? A gente vira bicho, não é? Começa a dizer que não é possível, que você é um doce de pessoa, nunca foi falsa com ninguém, nem metida, nem arrogante: por isso você é chata. Chata demais. Eu sou chata.

Mais uma coisa que eu acho super chato nas mulheres: fazer panelinha. “Não aqui só entra mulheres” “grupo das rosas” Eu detesto rosa e ponto. (Disse a menina que está escrevendo essa crônica vestida com um pijama rosa escrito: I Love Pink. Mas isso tem explicação: foi presente e cavalo dado não se olha os dentes.) Mas voltando a panelinha. Aquele momento em que todas se juntam pra falar mal de garoto, conversar sobre maquiagem e sobre qual fichário é mais bonito. Isso é muito, muito, muito chato. Além de ser algo totalmente mentiroso não é mesmo? Você fala do fichário que na metade do ano você nunca mais vai usar, você fala da maquiagem que você não sabe usar e mal do garoto que você mais gostaria de ficar. Na minha humilde opinião, falar de um garoto que você já pegou e não quer mais pegar é pura besteira. Isso porque só mostra o quanto você é louca pra ele voltar. Daí como sabe que essas coisas são praticamente impossíveis, se une com suas outras amigas que já levaram enésimos chutes na bunda para falar mal dos garotos que não estão nem aí pra vocês. Ainda mais se você tem quatorze anos e gosta de um menino da mesma idade. Aprendam! Garotos de doze a dezessete anos não querem nada com meninas. Eles só querem futebol, flipper e ver jogo de futebol. Mas também não estou falando pra namorar garotos de dezoito em diante: esses só pensam naquilo. Então lá vai a dica: não namore! Nunca! Em hipótese alguma! Vire freira! Risos! Você pode namorar, mas deixe com o tempo. Não procure, porque quando você procura você só acha coisa errada e outra dica: garoto não gosta de garota que se entrega fácil. Faz charme (mas não muito porque se não ele vai pensar que você se acha a própria globeleza e você não é a globeleza né? Ou é?), finge que não liga, que não faz questão, mas zela, conversa, cuida, ri, o tempo vai passando, ele vai gostando de ficar e depois de uns sete meses… Dá certo. Mas por favor, não faça panelinha pra falar mal deles e não use rosa. Não use: sério.

Agora, isso tudo não quer dizer que ser mulher é uma coisa chata. Essa é a minha opinião. Opinião de uma mulher que diz pra não falar de maquiagem, mas não sai pra escola sem passar aquele rímel e a tão querida base. Aquela garota que usa rosa, mas diz que é uma cor muito gay. Aquela que diz que falar mal de garoto é muito feio, mas chama seu ex de bobão e outras coisas mais (risos). A única coisa que me deixa um pouco menos chata é que eu não gosto de andar só com garota. Não gosto de fofocar. Gosto de falar mal, mas isso eu falo na frente de qualquer pessoa. A única coisa que me difere das outras mulheres chatas é que eu gosto muito de futebol, jogo Playstation, flipper e me amarro nas conversas dos meninos. Eles são tão ingênuos, tão puros. Pelo menos o gostar deles é sincero.

Mas realmente gostar de futebol é um dom. Eu sou daquelas que quando qualquer jogador cai no campo (não importa o local) eu grito pênalti. Super normal isso né?

Mulher é um bicho chatoooooooooo demais. ;D

Mariana Cassiano

 

Anúncios

2 comentários sobre “Mulher é um bicho chato

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s