Declaração

– Pode começar. – eu disse.

– Posso?

Bom… Assim… É engraçado mais meus amigos me diziam que eu era romântico demais, amava feito uma menina. Mas não era essa questão: juro. Eu sempre esperei por uma princesa, sempre quis uma princesa, era só sonho…  Só que agora eu encontrei essa tal de princesa. Você não deve conhecer não. Então, ela é a tal que eu estou falando a alguns dias. Mimada, chata, linda, implicante, convencida, inteligente, mandona, hiperativa… Tudo o que eu sempre quis.

Meu dia segue pensando nela: acordo (tenho que mandar aquela mensagem); o telefone toca (pode ser ela); a noite (aquela voz)… Uma… Duas… Três… Durmo… Feliz. Só não sou muito bom em declarações, não sei se você percebeu. A única coisa que eu tenho certeza é que eu tô gostando muito dela. Ô se tô gostando.

[…]

– Alô tem alguém aí?… Hey, moça… – disse o rapaz.

– Você já disse isso a ela? – perguntei.

– …Sim, toda a hora….

– E ela não está com você porque? – mais uma vez torno a o indagar.

– Ela está… Está sim… Só não sabe disso ainda. – respondeu-me, me deixando seu palavras.

[…]

Então no escuro do meu quarto, quase dormindo, penso: (queria ter eu, um amor assim…)

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s