“Homem de pouca fé!”

Todos os dias Jesus nos mostra faíscas de Seu amor. O nosso simples acordar já pode ser considerado como exemplo nítido. Contudo, nossa fé nesses mesmos dias também é testada. Não como forma de punição, pois Deus não pude, Ele nos ensina em contrapartida. Nos dá o livre arbítrio, a fim de que não nos distanciemos D’Ele e sim nos aproximemos deste infinito amor. Somos chamados todos os dias, ou melhor somos convidados a viver as maravilhas que Deus nos reserva. Somos convidados a literalmente abrir a porta para Ele. Deus não é mal educado, Ele te respeita, Ele te entende… Mesmo com essas maravilhas que Deus nos reserva, também devemos por outro lado passar pelas duras provas, as chamadas “pedras no caminho”, nas quais devemos passar para contemplar a glória eterna.
Jesus Cristo não nos disse que a existência seria fácil, descomplicada e o mais importante: seria ilusória. Não! Seríamos homens: enfrentaríamos as mazelas do sofrimento, a nossa origem pecadora e as benevolências do amor de Deus. Assim, deveríamos acreditar nas promessas e nos caminhos que Deus nos preparou. Ainda mais por seremos cristãos e apaixonados (deixe-me repetir: apaixonados, apaixonados, apaixonados) por Jesus Cristo.
Porque digo isso? Ora, quando em minha consagração de crisma aceitei Jesus Cristo em minha vida, dei meu sim a Ele, afirmo ao mundo que sou Católica Apostólica Romana e vivo a minha fé. Se então faço isto, não posso jamais me abater. Não podemos ser desta forma iguais a Pedro, que deslumbrado por ver Cristo andando sobre as águas pede ao Senhor: “Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto a ti!”, mas após a permissão de Jesus, com medo, Pedro começa a afundar e clamar que Cristo o salvasse. Jesus assim o repreende: “Homem de pouca fé!” (Mt 24, 25-36)
Jesus nos quer inteiros, não pela metade. Jesus cuida de nós, mas a sociedade não consegue enxergar Suas mãos a nos proteger. Não podemos ser como Pedro e duvidar, devemos agarrar a nossa fé com unhas e dentes e não soltá-la nunca mais.

Somente Deus sabe o que é melhor para nós. Não sou eu, não é você, não é o mundo. É Deus. Só Deus.

Apenas confie… Confie em Deus.

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s