Alegria, minha poesia

392984_10151205579429632_1259572805_n

Busco uma explicação que me faça entender tanta alegria que sai de meus olhos, meus lábios, minha fala conturbada quando penso em qualquer coisa que se resuma em seis letras. Procuro explicar tamanho contentamento ao acordar e ler qualquer palavra que me lembre dessas letrinhas rabiscadas em meio a claridade, quando de olhos ainda cerrados, só consigo pensar nelas. Uma mistura de desejo e zelo, paixão e loucura; não que estas adversidades não estejam juntas quando comento sobre aquelas letras que agora estão aumentando. Um sonho bom? Somente bom? Talvez não, uma realidade sonhada isto sim. Daquelas que nos fazem entrar numa bolha e (sem medo) navegar por entre nossos desejos, metas… Ainda estou a procura dessa explicação que até hoje não encontro. Não encontro e talvez nem queira achar. Essas letras me trazem tanta paz… Consolo… Amor. Sim, as amo. Amo a entonação com que as digo e com que as ouço. (Amo também quando escuto outras sete, mas esta é outra história). Mas amo, amo demais e espero que as ame também, da mesma forma, com a mesma intensidade, pois é tudo e muito mais para mim.

Essas letras, ora grandes para demonstrar esse enorme sentimento que tenho, ora pequenas, na tentativa de mostrar que pouco sou sem você, tem também pequenos e grandes sentimentos… “f” de felicidade, “e” de esperança, “l” de loucuras, “i” de imaginação, “p” de promessas, “e” de eu… Eu em você. Meu, só meu. Simplesmente… Te amo.

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s