Merecimento

image

Isso é tudo que eu mereço: uma noite de insônia por ter sonhos piores do que a realidade; café da manhã com leite gelado por puro medo de uma queimadura logo pelas oito com um café quente; mãos frias e ao relento por ter orgulho demais para emprestar minha mão a alguém suficientemente interessante para calçá-las; um sussurro inquietante de um “eu te amo” fajuto abafado pela multidão; uma caligrafia deitada por preguiça de escrever em um papel de vontades e não de obrigações; uma cesta de café da tarde vazia de palavras e promessas; um arco íris meio tom de azul mais desbotado pra branco; um levantar de sobrancelhas arqueadas por pose ou sensualidade vespertina; um sapateado de dança sem música ou de música sem dança; um acorde errado em um violão sem corda nenhuma; um sopro de felicidade incontextualizada; uma folha de caderno amassada por que o desenho não ficou o suficientemente aceitável; um lápis sem ponta e quebrado; uma muda de árvore em um lugar que não há chuva.
Isso tudo é o que eu mereço:
Silêncio!

Tudo uma questão de merecimento.

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s