Será

Será?

Olha nos meus olhos e diz que isso não vai acabar amanhã. Me diz que ainda vou ouvir o som da sua voz dizendo entre os dentes “graças a Deus que você apareceu” e que não vai querer me deixar ir embora no final do dia. Por mim ficávamos aqui mesmo: eu, você e esse céu estrelado. Te garanto que teríamos muitas coisas para conversar e para ver. O céu… as estrelas… a lua… Pena que nada disso importaria de verdade porque eu só estaria querendo ver os seus olhos.
Sabe, depois de um tempo e uma certa idade (risos), a frequência e constância dos encontros marcados, beijos apaixonados e promessas feitas em um lugar escondido, perdem o sentido, e eu só desejo ter um ombro aconchegante para repousar ao final do dia. Só desejo aquela pessoa que faça o tempo literalmente andar mais rápido e que não dê tempo nem de aproveitar um pouco mais da sua presença. Aquela pessoa que surpreenda com a vontade de estar ao meu lado, viver a minha realidade e amar essa mudança. Aquela pessoa que me faça respirar mais devagar, ela, do riso fácil e do conversar fácil também. Aquela pessoa que me faça perder a noção do tempo, tamanhas foram as histórias contadas naquele fim de tarde que chovia tanto que seriam precisos vários abraços para esquentar se não fosse o lugar mais repleto do mundo os braços em que eu já me encontrava. Aquela pessoa que se orgulha de estar ao meu lado e que se perde tamanho é o olhar de admiração por estar ali mesmo que em silêncio.
Só desejo aquela pessoa – (A-Q-U-E-L-A) – que faz meus pontos de interrogação virarem exclamações estendidas em panos, faixas, outdoor pelas ruas da cidade, cartazes, mensagens no celular que faça com que não me importe se a amiga da vizinha da minha tiavó viu o meu sorriso estampado na cara. Até porque quem disse que eu tô tentando esconder? Que não ligue pro clichê, pro dito e pro não dito, pela espera ou pela demora, que simplesmente permaneça mesmo que eu jamais tenha pedido isso.
Daí são nesses momentos que me pergunto:

Será (ponha uma interrogação)

Não (agora três pontinhos)

Será (e aqui coloque todas as exclamações que conseguirem contar de estrelas do céu. Porque eu quero, não porque eu devo.)

Mariana Cassiano

Anúncios

O que achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s